Nau

A convite do 10º Festival de Arte da Serrinha - importante evento cultural do circuito paulista que reúne arte e natureza em uma fazenda no interior de São Paulo - concebi minha primeira instalação permanente.


Nau é uma escultura que representa um barquinho de papel instalada sobre as águas turvas de um lago localizado na entrada da fazenda, na serra da Mantiqueira. Uma obra que amplia o universo lúdico do festival e recepciona o público de forma harmoniosa na paisagem.

Ficha técnica

Ferro, madeira, resina e tinta epoxi
4,50 x 1,20 x 1,50 m

Bragança Paulista
São Paulo, 2011

INTERVENÇÕES