O aquário morto

A convite da agência Leo Burnett Tailor Made, desenvolvi uma instalação submersa no maior aquário da América do Sul, localizado no litoral paulista, na praia da Enseada no Guarujá.

A sala principal  do Acqua Mundo conta com 360º de visão e foi dividida ao meio. Um lado manteve as espécies marinhas como tartarugas, peixes e moluscos. O outro tanque recebeu a composição visual com o lixo sólido recolhido das praias da região, formando imagens impactantes nas vitrines de exposição para os visitantes do aquário.

Na inauguração, reforçei a importância do simbolismo da obra em que cada um escolhe o que quer para o futuro do mar: um oceano de vidas ou um oceano morto.

Ficha técnica

Rede de pesca, fio de nylon e lixo sólido recolhido na praia

Acqua Mundo
Guarujá, 2014

INTERVENÇÕES