Caçambas

Em 2019, as regiões de Pinheiros e Butantã foram ocupadas por 15 esculturas criadas pelo artista que remetiam a uma caçamba - objeto utilizado para descarte de resíduos cada vez mais presente no espaço público.

As esculturas tinham a forma e o tamanho original de uma caçamba de entulho, porém eram vazadas e constituídas somente por linhas de metal em seu contorno, apontando para a reflexão sobre o excesso de lixo produzido pela sociedade. Atualmente, 20 mil toneladas de resíduos são geradas por dia na metrópole e existem milhares de pontos irregulares onde as pessoas descartam qualquer coisa.

“A intervenção aponta um novo significado visual para um objeto cotidiano que serve para sumir com o lixo. Mas o lixo não desaparece, ele muda de lugar.”
 

Srur explica:“são caçambas conceituais que também refletem sobre a necessidade de descarte dos nossos resíduos mentais. Das ideias e pensamentos inúteis para a sociedade e para nós mesmos”.

Durante a exposição, as esculturas foram movimentadas periodicamente e instaladas em outros pontos urbanos. Assim, gradualmente foram migrando para a periferia da cidade. “Não existe mágica com o nosso lixo. O deslocamento das esculturas simboliza este desaparecimento perverso dos resíduos para lugares distantes emenos assistidos da sociedade”, conclui.

No decorrer da exposição, o artista fez um ensaio fotográfico destes locais onde as caçambas estavam instaladas, abordando alguns pontos dramáticos da metrópole onde o entulho e o descarte irregular dominam a paisagem urbana.

Srur também participou na mostra “Ambiental: Arte e Movimentos” no MuBE – Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia. A exposição tinha como objetivo reafirmar a vocação do museu na defesa do meio ambiente. O artista apresentou o vídeo produzido em2016 com uma Caçamba dentro do CEAGESP, principal centro de distribuição de alimentos de São Paulo, local onde toneladas de comida são desperdiçadas diariamente. Na performance documentada, o artista joga alimentos dentro da escultura que depois é removida por um caminhão.

Ficha técnica

Metal e tinta automotiva
250 x 165 x 120 cm

São Paulo, 2016 - 2019

INTERVENÇÕES